Tem um SUV ou 4x4 e gostava de vir conhecer um pouco do Alto Alentejo num passeio à sua medida? Venha connosco.

Depois da memorável temporada de 2010 em que Nuno Matos se sagrou campeão do Mundo de T2 com a sua Isuzu D-Max, o piloto de Portalegre e atual campeão nacional regressará em 2017 às competições internacionais para um punhado de provas com Opel Mokka Proto com o qual conquistou o titulo  em 2016.
Como consequência direta da decisão de Nuno Matos, luta pelo titulo de campeão nacional de todo o terreno irá ficar um pouco menos concorrida, uma vez que o piloto não poderá participar no "nacional" de forma regular em 2017.   Nuno Matos é detentor de títulos nas categorias T8, T2 e T1, aos quais junta ainda o referido titulo de campeão do mundo de T2 conquistado em 2010,  tendo decidido dar um cunho mais internacional á sua carreira depois de conquistado o titulo nacional absoluto.  
Por estes dias já se prepara a primeira participação do Português numa grande prova internacional, o Maroc Desert Challenge, que anteriormente se chamava Lybia Rally.  Pela frente Nuno Matos e demais participantes terão 7 etapas que os levarão de Agadir até Oudja onde terminará o setor competitivo desta corrida que na sua maioria se disputará na zona leste de Marrocos.
Dependendo dos resultados desta grande prova no deserto, na qual Nuno Matos vai pela primeira vez participar com o seu Opel Mokka Proto entretanto totalmente reconstruído, sairão as decisões importantes no que toca ao restante programa desportivo para 2017 onde certamente se incluirá a Baja de Portalegre.

Na imagem, Nuno Matos e Filipe Serra, na HunGarian Baja 2010, onde não só venceram entre osT2 como asseguraram a pontuação suficiente para conquistarem o titulo mundial da categoria.

HTTP://pecasAUTO24.pt

www.AUTOpecas-ONLINE.pt

ZONA ESPETACULO

VIDEOS DE TODO O TERRENO