Depois da queda que forçou Rui Oliveira a abandonar a Baja Aragón o piloto da equipa CRN Competition está de regresso às competições embora de forma limitada. O piloto que se prepara para uma segunda participação no Dakar vai apenas fazer a etapa de Domingo do Raid TT da Ferraria e num ritmo de treino.
“Tenho vindo a recuperar bem e estou a recomeçar a andar de novo de mota pelo que o importante será fazer quilómetros, mas com a natural contenção que a situação exige” 
salienta Rui Oliveira
Aposta diferente é a de Fausto Mota que depois do título conquistado na Classe TT3 em 2016 vai e na ponta final de uma temperada atribulada marcada pela queda no Merzouga Rally vai agora experimentar a Yamaha de menor cilindrada que compete na Classe TT1.
“É para já um teste, mas não excluo a hipótese de em 2017 fazer o CNTT nesta Classe. Para além disso e tendo em conta os problemas que me impediram de terminar em Idanha o importante é manter o ritmo competitivo na preparação para o Dakar”.
Para além de Fausto Mota e Rui Oliveira, a equipa CRN Competition inscreve ainda no Raid TT da Ferraria os pilotos António Pereira, atual líder da Classe TT2 e o piloto que venceu a Classe Hobby em Idanha, Luís Albuquerque.
No Sábado, disputa-se um primeiro troço com cerca de 30 km e no Domingo, os participantes terão de realizar três voltas consecutivas a um percurso com cerca de 66km de extensão. No total serão cerca de 228 kms cronometrados, divididos por dois setores selectivos.  




Comunicado Oficial

HTTP://pecasAUTO24.pt

www.AUTOpecas-ONLINE.pt

ZONA ESPETACULO

VIDEOS DE TODO O TERRENO