×

Mensagem

Failed loading XML... Start tag expected, '<' not found
Em Mação Pedro Costa (Preparações Badinho/Cabral Seguros) já tinha demonstrado que apesar de ter começado tarde a época de 2017, se apresentava num grande nível. Em Gondomar, tal como na etapa anterior, voltou a ser o grande vencedor. Fez o melhor tempo do prólogo e por isso partiu na frente. Durante a resistência venceu tudo o que havia para vencer: foi o melhor da classe Super Proto e também à geral. 
Depois de 4 provas, Rui Querido (euro4x4parts/veicomer) segue na frente da classificação geral, com mais 19 pontos do que o segundo classificado, Luís Jorge (Hortícolas/Snack bar a Curva).
O primeiro ouro de 2017 para António Silva
António Silva (Canelas Pneus) conseguiu a primeira vitória de 2017. Em 2h56:03 completou 24 voltas ao circuito, mais uma do que o segundo classificado Pedro Alves (MonsTTer/Cistus).
Pedro Alves continua na sua saga de regularidade: este foi o quarto pódio em quatro provas e a terceira prata da temporada. Em Gondomar teve alguns problemas com os travões que obrigaram a uma paragem prolongada. Depois foi recuperar terreno, mas não o suficiente para a vitória!
Emanuel Pires (Electro Auto Pires) chegou finalmente ao pódio. O início não foi o pretendido com o Nissan Patrol GR a ressentir-se com problemas de direção depois de um embate num troco logo na primeira volta. Demorou cerca de 30 minutos a resolver o problema e terminou a resistência a 10 voltas do vencedor.
Quando estão cumpridas 4 provas, António Calçada (Nordhigiene Team) continua na frente da classificação da Extreme, mas agora com apenas mais 1 ponto do que Pedro Alves e António Silva, ambos com 67 pontos.
Rui Querido de regresso às vitórias
Na categoria Proto Rui Querido voltou a subir ao lugar mais alto do pódio. O piloto de Torres Vedras lidou bem com a pressão da liderança e entrou tranquilo nesta etapa de Gondomar. Começou com muita calma e geriu o andamento, passando ao ataque na segunda metade da prova. 
Luis Bacelo (Oficina Bacelo) veio estrear o novo carro a Gondomar e não se saiu nada mal. O antigo navegador ficou a duas voltas do vencedor numa etapa dura, em que o carro ainda acusou alguns problemas ao nível dos travões e da suspensão.
Depois de uma prova menos conseguida em Mação, Álvaro Alves (Dream Car) regressou ao pódio. O guincho do Toyota bj70 sofreu e a equipa terminou com as mesmas 27 voltas do segundo classificado, mas gastou mais 2 minutos. 
Na classificação geral, quando estão cumpridas 4 provas Rui Querido lidera a Classe Proto com 69 pontos, seguido de Álvaro Alves com 57 e Flávio Gomes (TáBô Team 4x4) com 54 pontos.

Pedro Costa vence à geral e na classe
Como já foi referido, Pedro Costa e Bruno Silva foram os grandes vencedores desta jornada e por isso são, naturalmente, os vencedores da sua classe. 
O Campeão em título da Super Proto volou a ficar no segundo lugar. Luís Jorge andou algumas voltas com o veio de transmissão torcido... até que foi mesmo obrigado a parar.  Ainda partiu o plasma por 3 vezes, mas mesmo assim teve um dia muito positivo: fez segundo da classe e terceiro da geral.
Depois da vitória da jornada inaugural, Claudio Ferreira (Auto Higino) ainda não tinha voltado ao pódio. Em Gondomar, apesar do desgaste a que a prova obrigou, o Proto Mercedes nunca cedeu. Terminou com as mesmas voltas de Luís Jorge, mas foi 6 segundos mais lento.
Luís Jorge sai de Gondomar com a liderança da classe reforçada. Tem agora 66 pontos, mais 5 do que Cláudio Ferreira.

João Fernandes soma vantagem
Em Gondomar João Fernandes (Jovi Team,) conquistou o terceiro ouro da temporada. Voltou a ter uma disputa muito acesa com João Vicente (Santerchips/AM turbocharger/Jot4x), mas nesta quarta etapa venceu com 3 voltas de vantagem. 
João Vicente teve problemas com a embraiagem do Toyota bj40 durante as 2 horas de resistência. A meia hora do final partiu uma homocinética e acabou a prova só com tração atrás.
Fábio Ferreira (Irmãos Ferreira) ganhou o gosto ao pódio. Depois do terceiro lugar em Mação, voltou a conquistar o bronze em Gondomar.
Com esta vitória João Fernandes tem agora 8 pontos de vantagem sobre João Vicente.
Daniel Duque consolida liderança
Na Classe UTV/Buggy Daniel Duque (Duque TT) andou durante as duas horas, sem problemas mecânicos, e repetiu o primeiro lugar de Mação. Daniel Duque completou 32 voltas à pista, mais 7 do que Domingos Diniz (Revi-clap) e sai da cidade nortenha com ainda mais vantagem. Tem agora 74 pontos, mais 5 do que Domingos Diniz.
O Campeonato Nacional de Trial 4x4 tem agora uma pausa. O regresso está marcado para o fim de semana de 5 e 6 de agosto, em Bragança. A organização estará a cargo da Associação TT Sem Limites.


Comunicado Oficial

HTTP://pecasAUTO24.pt

www.AUTOpecas-ONLINE.pt

ZONA ESPETACULO

VIDEOS DE TODO O TERRENO