No momento em que rali fez a sua entrada na Bolívia, a vontade dos organizadores em endurecer a navegação ganhou todo o sentido. A equipa Despres / Castera ultrapassou na perfeição o desafio, ao conquistar a sua primeira vitória em automóvel numa Especial do Dakar, instalando o seu PEUGEOT 3008DKR na frente da Classificação Geral, diante do duo Peterhansel / Cottret.
Atrasados ontem, Cyril Despres e David Castera encontraram hoje o melhor ritmo, tanto na condução, como na navegação. Os dois ex-motards assumiram o controlo da Especial desde o Waypoint 3, não mais o deixando até à chegada a Tupiza (Bolívia). Despres enriqueceu assim o seu palmarés no Dakar, acrescentando às suas 33 vitórias em Especiais em moto, um primeiro sucesso em automóvel. Com isso, subiu ao 1º lugar da geral, com 4m08s de avanço sobre Stéphane Peterhansel.
Líder da prova no início do dia, a dupla Loeb / Elena encontrou problemas técnicos. Uma baixa de potência penalizou-a nas dunas entre os Waypoint 1 e 2. Após duas paragens sucessivas e uma intervenção da equipa no motor, o 3008DKR # 309 conseguiu terminar a Etapa com o 5º melhor tempo, apesar da meia-hora perdida. O duo francês está agora no 4º lugar da geral, a somente 22m23s dos líderes.
No momento em que se aprestava para assumir a liderança da prova, Carlos Sainz capotou várias vezes a 5 km da chegada. A equipa ficou sã e salva e conseguiu terminar a Especial, entrando no bivouac para uma intensa intervenção mecânica. Após a avaliação dos danos concluiu-se que não haveria tempo d colocar a viatura em condições de regressar à prova. O PEUGEOT 3008DKR #304 viu-se, assim, obrigado a abandonar.
Vencedores ontem da 3ª Etapa, Stéphane Peterhansel e Jean-Paul Cottret foram infelizmente hoje confrontados com as dificuldades de navegação desta Etapa. Ao corrigirem um pequeno desvio, a equipa ficou presa num rio e teve que substituir uma roda danificada. Apesar de alguns minutos perdidos, a equipa detentora do título subiu um lugar na classificação geral e é agora segunda.

CLASSIFICAÇÃO 4ª ETAPA (provisória)
1º Cyril DESPRES (F) / David CASTERA (F), PEUGEOT 3008DKR, 4h22m55s
2º Mikko HIRVONEN (SF) / Michel PERIN (F), MINI, + 10m51s
3º Nani ROMA (EE / Alex HARO (E), Toyota Hi-Lux, + 12m51s
4º Stéphane PETERHANSEL (F) / J.-P. COTTERT (F), PEUGEOT 3008DKR, + 15m15s
5º Sébastien LOEB (F) / Daniel ELENA (F), PEUGEOT 3008DKR, + 22m13s


CLASSIFICAÇÃO GERAL (provisória)
1º Cyril DESPRES (F) / David CASTERA (F), PEUGEOT 3008DKR, 11h33m16s
2º Stéphane PTERHANSEL (F) / J.-P- COTTERT (F), PEUGEOT 3008DKR, + 4m08s
3º Mikko HIRVONEN (SF) / Michel PERIN (F), MINI, + 5m04s
4º Sébastien LOEB (F) / Daniel ELENA (F), PEUGEOT 3008DKR, + 6m48s
5º Nani ROMA (E) / Alex HARO (E), Toyota Hi-Lux, + 10m30s


EM DIRETO DO BIVOUAC
Bruno Famin

«O Cyril Despres e o David Castera não fizeram hoje nenhum erro. Foram recompensados com a subida ao comando da prova, conquistando ao mesmo temo a sua primeira vitória nos automóveis no Dakar. Mas sabemos bem que a corrida se disputa em duas semanas e que nos reserva ainda muitas surpresas, como as que irão surgir dentro de dois dias. Os problemas encontrados hoje pelo Carlos, Stéphane e Sébastien, que ocupavam ontem as três primeiras posições da geral, estão aí para nos lembrar disso. Nada está conquistado, estamos mobilizados mais que nunca.»


Cyril Despres/David Castera (PEUGEOT 3008 DKR, nº 307) 
Vencedor da Etapa / 1º Classificação Geral

«As primeiras partes da Especial eram complicadas, com muita vegetação e rastos pouco visíveis. O David fez um bom trabalho e não cometeu nenhum erro. Ficámos depois a rolar atrás do Carlos durante uma grande parte do dia, o que nos permitiu manter um bom ritmo. Estamos muito satisfeitos. Esta vitória tem um sabor particular após dois anos e meio passados a aprender a forma de conduzir um automóvel.»


Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (PEUGEOT 3008 DKR, nº 300)
4º Etapa / 2º Classificação Geral

«A Especial não era particularmente difícil nas transposições. As dunas subiam-se bem mas perdemo-nos na última nota, mesmo antes de chegar às partes mais rolantes. Ao tentarmos regressar à pista certa, caímos num buraco. A direção do carro ficou danificada e a roda da frente partiu-se. Este pequeno erro de navegação custou-nos muito tempo. A prova ainda não acabou, faltam ainda muitos quilómetros. É certo que não estamos à frente do Dakar, mas também não estamos muito longe.»


Sébastien Loeb/Daniel Elena (PEUGEOT 3008 DKR, nº 309)
5º Etapa / 4º Classificação Geral

«Foi um dia muito complicado. No final, fiquei contente por estar à chegada. Foi uma boa surpresa perceber que foi o Cyril o mais rápido. Era ele quem estava mais atrasado em relação a nós, o que nos permitiu continuar mais ou menos na luta, apesar dos problemas que encontramos. Ficamos, com efeito, parados ao fim de uma meia-hora na Especial. O Daniel saiu-se bem da primeira parte da navegação, mas de repente o carro parou e não avançou mais. Fiz os resets e ele arrancou, mas depois parou outra vez. Retiramos o capot traseiro, tentamos várias coisas e, finalmente, uma projeção de óleo permitiu ao carro arrancar de novo. Limitamos as perdas, mas estou forçosamente desiludido com estes inconvenientes, embora feliz por manter o contato como os da frente.»

HTTP://pecasAUTO24.pt

www.AUTOpecas-ONLINE.pt

ZONA ESPETACULO

VIDEOS DE TODO O TERRENO