Baja de Loulé 2021: Fernando Barreiros já regressou a casa depois do acidente

 

Do acidente sofrido na Baja de Loulé pela dupla Fernando Barreiros/Sérgio Cerveira aos comandos da muito competitiva Isuzu D-Max T2 e que obrigou o piloto a ser evacuado de helicóptero, não resultaram felizmente lesões significativas e dentro de uma semana poderá estar minimamente restabelecido. O seu navegador Sérgio Cerveira saiu ileso do aparatoso acidente que aconteceu no mesmo local onde diversos outros pilotos se despistaram.

“Do mal o menos. Depois de há cerca de seis meses ter sofrido um acidente semelhante no Rally da Andalucia temi voltar a passar pelo mesmo, que foi então doloroso e de recuperação lenta. Felizmente tenho apenas duas costelas fraturadas, mas de rápida recuperação, pelo que sinceramente me sinto muito mais aliviado embora ainda um pouco combalido”,

explicou Fernando Barreiros que na Baja de Loulé estava de regresso às competições depois de em 2019 ter vencido o Troféu Ibérico e no início de 2020 sido 2º classificado no Africa Eco Race 2020, em ambos os casos na Categoria T2.

Notícias animadoras para um piloto que este ano se apresenta com um programa desportivo marcadamente internacional e com uma corrida já em meados de junho a disputar em Espanha.

 

Comunicado Oficial

AUTOMOVEIS
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20

Don't try this at home