Baja de Loulé 2021: Nuno Matos de regresso amanhã em Rali 2

 

Nuno Matos apresentou-se este sábado à partida da Baja de Loulé, segunda ronda do Campeonato Portugal de Todo-o-Terreno. Uma prova onde o piloto do FIAT Fullback Proto alinhou com o objetivo de imprimir um ritmo regular e consistente, num evento caracterizado pela exigência que os traçados colocam a pilotos e máquinas. 
Perante uma forte concorrência, o campeão nacional de 2016 mostrou-se rápido desde início, assinando um quarto tempo no Prólogo.

“Sentimo-nos confiantes e felizmente o resultado traduz isso mesmo. O Prólogo não era fácil, mas focámo-nos no nosso andamento e estamos satisfeitos. À tarde estamos de volta”,

frisou.
No entanto, os 157.23 quilómetros do 2º Setor Seletivo da jornada algarvia viriam a revelar-se inglórios para o piloto, que tem a seu lado Joel Lutas.

“A parte inicial do troço era extremamente abrasiva, um piso realmente duro, e ao quilómetro 15 acabámos por furar”, começou por explicar o portalegrense, que acrescenta: “Estávamos com uma toada confortável mas, infelizmente, por volta do quilómetro 60 o seletor da caixa de velocidades partiu-se, com o carro a ficar encravado em 3ª, o que nos impediu de continuar.”
Entretanto o FIAT Fullback Proto já se encontra na assistência, onde a equipa solucionou o problema e colocou o carro novamente apto para o regresso à ação. “Naturalmente, não foi o dia que gostaríamos. Amanhã estamos de volta ao abrigo do Rali 2, focados em continuar a dar o nosso melhor e aproveitar para acumular quilómetros e evoluir em termos de ritmo de competição, o que é muito importante nesta fase da época”,

enalteceu Nuno Matos. Para domingo, o derradeiro Setor Seletivo da Baja de Loulé reserva aos concorrentes uma tirada de 142.08 quilómetros ao cronometrado. 
 

Comunicado Oficial

AUTOMOVEIS
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20

Don't try this at home