Baja TT Oeste 2021: Nuno Matos travado por problemas na caixa de direção do FIAT Fullback Proto

Nuno Matos, acompanhado por Joel Lutas, apresentou-se este fim de semana à partida da Baja Oeste de Portugal, prova estreante no calendário do Campeonato Portugal de Todo-o-Terreno. Um evento onde o piloto mostrou uma rápida adaptação aos exigentes troços da zona centro do país, o que permitiu à equipa imprimir um bom ritmo, que seria travado ao quilómetro 115 do Setor Seletivo 1, devido a problemas na caixa de direção do FIAT Fullback Proto.

“Estávamos a realizar uma prova em crescendo, depois do 8º tempo no Prólogo, e com um ritmo muito positivo. Ao quilómetro 111 vínhamos em quinto, a 2s do quarto classificado e a apenas 1m15s da segunda posição, inseridos num plantel tão forte como o do CPTT. Uma performance que nos deixa satisfeitos pelo andamento demonstrado, principalmente num contexto novo para todos”, começou por explicar o piloto, que acrescenta: “Neste momento estamos a avaliar a possibilidade de um regresso amanhã em Rali 2. Esperamos que seja possível, vamos ver.”

Quanto à experiência nesta nova prova, o piloto deixa vários elogios:

“É uma baja exigente, com troços que se assemelham à antiga Baja do Pinhal, mais técnicos e duros para as mecânicas. É um desafio com características diferentes, em contraponto com as provas mais rolantes a que estamos habituados no campeonato, o que é positivo para a competição”, explicou Nuno Matos, que destaca: “Fiquei impressionado com a moldura humana que nos recebeu ao longo de todo o troço. É fantástico e um ponto que faz desta baja desde já um sucesso. Enquanto apaixonado da modalidade, acho que é um excelente indicador, que está diretamente relacionado com a maior centralidade deste evento, disputado em zonas de maior densidade populacional. Acho que a Escuderia Castelo Branco está de parabéns por esta aposta e obrigado a todo o público presente.”

 

Comunicado Oficial
 

 

AUTOMOVEIS
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20

Don't try this at home