Baja Aragon 2023: Em uma briga sensacional, Moraes/Bentivoglio vencem primeiro dia na Espanha

Baja Aragon 2023: Em uma briga sensacional, Moraes/Bentivoglio vencem primeiro dia na Espanha

 

Dessa vez, não foi surpresa. A bordo de um Toyota GR DKR Hilux T1+ da equipe belga Overdrive, a dupla brasileira Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio foi a sensação do primeiro dos dois dias do Baja España Aragón, prova válida pela quarta etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross-Country. Ainda visto como novato entre as grandes estrelas do esporte, o duo, que também é o atual bicampeão do Rally dos Sertões, completou os 179km do primeiro dia em 2h07min47s5. O destaque do dia foi o duelo dos brasileiros contra a dupla formada pelo catarense Nasser Al-Attiyah e o francês Mathieu Baumel, vencedores das duas últimas edições do lendário Rally Dakar. Moraes e Bentivoglio superaram a dupla favorita por 30 segundos após os 179km de corrida entre Bañon e Cuevas Labradas, no nordeste espanhol.
Moraes e Bentivoglio disputaram o Baja Aragón pela primeira vez em 2022, quando terminaram em um excelente terceiro lugar e foram considerados a grande surpresa da tradicional corrida, que chega agora à sua 39ª edição. Por isso, a imprensa especializada já considerava os brasileiros como candidatos a um bom resultado, em uma prova que conta com ícones do esporte, como o espanhol Nani Roma (dois títulos do Dakar, um nos carros e um nas motos), o francês Stephane Peterhansel (14 títulos, seis de moto e oito de carro) e o espanhol Carlos Sainz (três títulos de carro). Roma, sexto colocado, pilota o modelo Ford Ranger T1+, com os dois últimos – Peterhansel (9º) e Sainz (11º) – a bordo da versão Sport RS Q e-tron especialmente construída pela Audi. No total, além dos títulos de 2022 e 2023, Nasser conta mais três vitórias no Dakar em seu currículo.

"Eles são meus ídolos" – “Terminar uma etapa na frente deles até parece algo de sonho. Daqueles que você nunca quer que acabe. Esses caras, todos eles, são meus ídolos!”, comparou Lucas Moraes, que também foi destaque na última edição do Dakar, com um terceiro lugar ao lado do navegador alemão Timo Gottschalk. “Lógico que tivemos que acelerar tudo o que tínhamos para ter esse resultado de hoje. No final, a gente sabia que o Nasser e o Mathieu estavam no nosso encalço. Era como ter um leão correndo atrás de você. Você não vacila e dá o seu máximo para ganhar essa corrida”, brincou Moraes que, ao lado de Bentivoglio, conta com o apoio de Red Bull, Toyota Gazoo Racing, SpeedMax, Strava e Zapalla em sua campanha de 2023.
O tempo de hoje se soma ao resultado do Prólogo (prova curta para definir a ordem de largada) disputado ontem, quando os brasileiros foram bastante prejudicados por um carro lento na trilha, terminando em 12º lugar, com desvantagem de 11s9 para o vencedor daquela prática. Na soma dois dias, Moraes e Bentivoglio estão 21s2 na liderança geral do Baja España Aragón, à frente dos atuais campeões do Dakar.
Neste sábado, o Baja de Aragão entra em seu último dia, com duas especiais. A primeira está marcada para às 7h30 locais, em um trecho de 155 km entre Bañon e Celadas. Já a terceira especial do evento tem início marcado para às 12h19 locais, com 171 km entre Monreal e Gea.

 

Comunicado Oficial

Related Articles

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.