CISET 4X4 Gouveia: Domínio das equipas "Lucrofusão"
Featured

CISET 4X4 Gouveia: Domínio das equipas "Lucrofusão"

>>Para ficar a conhecer um pouco melhor o município que recebeu a prova, visite a página de Gouveia no Guia Rural: https://www.guiarural.pt/index.php/destinos/guarda/gouveia.html

  • António Henriques e Miguel Costa vencem classe Super Proto e Marcelo Lopes e Hugo Lopes vencem classe Promoção
  • Calor e muito pó marcam foram as principais dificuldades da prova de Gouveia
  • Classe Promoção "subiu de tom" e deu grande espetáculo em pista
  • Pilotos somam os primeiros pontos para o Troféu CISET 4x4 Norte

A caravana de participantes do Challenge Ibérico Super Extreme Trial 4x4 visitou a bela cidade de Gouveia pela primeira vez no passado domingo dia 7 para disputar o CISET 4x4 Gouveia que teve lugar no Parque da Senhora dos Verdes, a escassos quilómetros do centro da cidade e com a grandiosa Serra da Estrela como pano de fundo.

Compareceram à prova Beirã cerca de duas dezenas de participantes, repartidos de forma quase igualitária entre as classes Promoção e Super Proto, sendo que nesta última, os veículos de motorização diesel levavam vantagem sobre os veículos a gasolina ao comporem dois terços do total de inscritos.

A prova organizada pela APTE - Associação Portuguesa de Trial Extremo foi como habitualmente composta por um curto prólogo que apesar de sinuoso não tinha praticamente obstáculos, permitindo ás equipas rodarem de uma forma um pouco mais limpa e realizarem tempos mais rápidos.   Da parte da tarde disputaram-se as a prova de resistência, o "prato principal" desta corrida, com os Super Proto a arrancarem primeiro para a sua prova que teve duas horas de duração, seguidos depois dos participantes da classe Promoção, estes com apenas uma hora e trinta minutos de prova pela frente.

Para esta prova a organização preparou um circuito composto que aproveitou de forma sábia as fantásticas condições do terreno para criar um desafio exigente mas sem ser massacrante para qualquer uma das classes prova, permitindo ás equipas realizarem números elevados de passagens. No entanto, esta pista terá sempre algum elemento de supresa e dificuldade consoante as condições atmosféricas. Em caso de chuva a transposição das grandes rochas poderia revelar-se um problema por se tornarem escorregadias com a água e lama, mas como estamos novamente a viver um ano bastante seco, o principal inimigo das equipas foi o muito pó levantando pelos concorrentes, sobretudo nas zonas rápidas da pista pois, enquanto as zonas de rocha eram transpostas com relativa facilidade.

team lucrofusao primeiro promocao

CLASSE PROMOÇÃO: VITÓRIA DE MARCELO LOPES E HUGO LOPES SOBRE LOTE DE ADVERSÁRIO BASTANTE FORTE

Quem teve a possibilidade de assistir á prova da Classe Promoção, começando logo pelo prólogo deverá ter ficado agradavelmente surpreendido e até ter-se questionado se não estaria perante veículos de outras classes ou até modalidades, face ao grande espetáculo que esta classe deu, seja nas zonas de obstáculos ou nas zonas rápidas da pista.   De um modo geral as equipas presentes revelaram um ritmo de progressão no terreno incrivelmente alto e um excelente adaptação a um circuito que parecia fácil mas não era, o que culminou numa das provas da classe mais bem disputadas dos últimos tempos.

Marcelo Lopes e Hugo Lopes conseguiram dominar a corrida e terminar em primeiro, no entanto vários dos seus adversários de tudo fizeram para contrariar as suas intenções. A dupla do Nissan Patrol que defendia as cores da equipa Lucrofusão registou o melhor tempo no prólogo ao somar 1m11s depois da dupla passagem pelo circuito, mas a escassos 6 segundos, o que numa prova com estas características equivale a praticamente zero ficou Cristiano Afonso e Miguel Batista da equipa Ziggaworks. E com um diferença uns muito curtos 4 segundos para o segundo ficou Luis Henriques e Ricardo Pimental em terceiro. As diferenças ao longo da tabela eram ainda mais curtas.

Face a uma tão competitiva lista de participantes e com um equilíbrio de forças quase perfeito antes da partida da prova de resistência era total a incerteza sobre quem poderia sair de Gouveia com o troféu de vencedor da classe Promoção. De inicio a fim o ritmo de corrida para quase todas as equipas foi só um: Andar a fundo. Não houve possibilidade de gerir ou delinear qualquer outra estratégia a não ser tentar andar rápido. Marcelo Lopes conseguiu manter a liderança da prova, provando que de "Longo" o seu Nissan só tinha mesmo o tamanho, pois a agilidade é de um carro de rali. Somou 14 Voltas ao circuito, um número que mais nenhuma equipa conseguiu igualar, no entanto os seus adversários de tudo fizeram para não o deixar vencer, proporcionando uma corrida muito espetacular a quem pode assistir.

Se o andamentos dos pilotos e a espetacularidade das passagens revelavam velocidade, empenho e muita vontade de vencer, houve uma equipa que sem ser tão exuberante em pista conseguiu fazer valer a eficácia e robustez do seu carro, aliando um andamento praticamente isento de problemas e uma condução "certinha". Falamos do Team Evolution, composto por Ricardo Pereira e Maria Pereira que levaram o seu Land Rover até ao segundo lugar da prova de Resistência com 13 voltas realizadas, e consequente segundo lugar final depois de terem sido apenas sétimos no prólogo. Esta dupla, quem tem a particularidade de ser composta por um elemento masculino e um elemento feminino, é ao mesmo tempo a equipa cuja soma de idades é mais elevada, e demonstrou que não é a cor do cabelo ou alguma ruga que vai limitar a sua prestação. O segundo lugar terá sido certamente muito motivador e um "aviso" á concorrência.

Cristiano Afonso e Miguel Batista, do Team ZiggaWorks levaram o seu Nissan até ao terceiro posto na resistência, tendo também completado 13 voltas. Sempre espetaculares em pista, com passagens muito rápidas, levaram no entanto mais dois minutos que os segundos classificados, o que no somatório final lhes atribuiu também o terceiro lugar da corrida.

A titulo de curiosidade refira-se que o quarto classificado, que foi Henrique Santos acompanhado de João Soares da equipa HS Alumínios /JS Auto também terminaram com 13 voltas cumpridas, e que o quinto classificado, a equipa R&R Offroad Team de Rui Pedro e Mauro Silva terminaram com 12 voltas, o que diz bem do equilíbrio e das lutas pelos lugares da frente.

team lucrofusao primeiro super proto

CLASSE SUPER PROTO: ANTONIO HENRIQUES E MIGUEL COSTA SOMAM E SEGUEM

A classe Super Proto apresentou-se em Gouveia com lista de pilotos muito experientes e rápidos, que trouxeram até esta primeira prova na Serra um conjunto de máquinas de topo e perfeitamente adaptadas ás condições do traçado que a organização tinha preparado, que fazia com que tentar antever quem seria o vencedor não fosse tarefa fácil.

No prólogo Nuno Santos e Pedro Oliveira da equipa Ediprova foram os mais velozes, conseguindo realizar as duas voltas ao traçado em 1m10s. António Henriques e Miguel Costa ficaram logo atrás, com uma margem inferior a um segundo. Álvaro Alves e Rui Lopes, do Team Dream Car foram os terceiros, a quase 8 segundos dos mais rápidos.

Para a prova de resistência anteviam-se dificuldades: A pista que no prólogo evitou todos os obstáculos, estava agora recheada de enormes rochas, que ora as equipas tinham que subir, ora tinham que descer. A pista seguia também entre árvores, com passagens apertadas que os pilotos tinham que agora negociar com alguma pericia para conseguirem progredir.

De entre todos, e com uma confortável vantagem de quatro voltas, foi a equipa Lucrofusão quem melhor se deu com os ares da serra, conseguindo dar 14 voltas ao circuito durante as duas horas que durou a prova.

Nuno Santos e Pedro Oliveira também evidenciaram um bom ritmo, tendo somado 11 voltas, o que apesar de ser suficiente para o segundo lugar, ficou a saber a pouco pois foram forçados a parar muito antes do final da prova e fazer uso da possibilidade que o regulamento oferece de solicitar parque fechado em pista garantindo assim a sua classificação.

Álvaro Alves e Rui Lopes confirmaram o seu terceiro posto do prologo com um resultado semelhante na resistência, com 10 voltas realizadas durante a resistência.

Feitas as contas finais, o Team Lucrofusão soma a segunda vitória do ano, desta vez bem próximo de casa. O Team Ediprova que tinha começado a corrida com uma vitória viu-se assim relegado para segundo lugar. Já o Team Dream Car termina a prova no terceiro posto fazendo valer a sua regularidade em pista.

Na sub-classe Super Proto Diesel a vitória foi também para o Team Lucrofusão composto por António Henriques e Miguel Costa, enquanto nos Super Proto Gasolina venceu Nuno Santos acompanhado de Pedro Oliveira no Super Proto com as cores Ediprova.

TROFÉU CISET 4X4 NORTE

A prova de Gouveia teve como particularidade ser a primeira da época com pontuação válida para o novo Troféu CISET 4x4 Norte, que irá ainda passar por Viana do Castelo, Oliveira de Frades e Vila Nova de Cerveira.

De um modo geral o CISET 4x4 Gouveia 2023 foi uma prova que agradou ás equipas e ao público presente, reforçando a máxima da competição de desporto motorizado mais variada disputada em Portugal, que depois de uma prova com muitos buracos e lama, apresentou agora uma prova composta por grandes rochas, antes de uma outra onde os elementos principais serão a areia e a muita água do Rio Sorraia, em Couço, Município de Coruche.   Luis Pirralho no final refletia esta opinião dizendo que: "Saímos de Gouveia satisfeitos, depois de uma prova bastante interessante e particularmente bem disputada. Em muitos anos de corridas este terá sido um dos melhores recintos que tivemos á disposição, com excelentes condições e enquadrado no cenário magnifico do Município de Gouveia com a Serra da Estrela a servir de pano de fundo.   Tenho que deixar um forte agradecimento a todos quantos possibilitaram que esta prova se tornasse uma realidade em tempo recorde."

O CISET 4x4 continua já nos próximos dias 8 e 9 de Julho com aquela que é conhecida como a grande festa do Trial 4x4 ibérico, o CISET 4x4 Couço. A expectativa é muita, as condições do rio este ano prometem uma prova como há muito não se vê, e espera-se uma vez mais reunir a mais longa lista de inscritos da época.

O CISET 4x4 Gouveia 2023 será organizado pela APTE - Associação Portuguesa de Trial Extremo e pela X-Adventure, contando com o apoio do Município de Gouveia, Parque de Lazer Senhora dos Verdes, Associação de Beneficência Popular de Gouveia e ainda Inácio Lopes e Filhos - Serração de Madeiras.

O CISET4x4 é promovido pela X-Adventure, e organizado pela APTE, sob a égide da FPAK - Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, e como apoio da Lucrofusão, da Euro4x4parts, da Mundimat, da Mundilimpa, da Tanqueluz e da Tractomoz, e ainda do Codigo 4x4, do Guia Rural e do Imagensdesportivas.com

Mais imagens da prova podem ser descarregadas da pagina oficial de Facebook.

Mais informação no site oficial em www.extremetrial4x4.com Pagina oficial do Facebook: https://www.facebook.com/superextremetrial4x4/
Canal de Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMd-LkFdqethbI4oygwwRYg

Tags:
#extremetrial4x4 #ciset4x4 #xadventure

Related Articles

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.