CPT4x4: Rui Rocha e Pedro Campas conquistam Lordelo

CPT4x4: Rui Rocha e Pedro Campas conquistam Lordelo

 

 O Campeonato Portugal de Trial 4x4 está de regresso às pistas, em força, depois de 2 anos de pandemia. Nesta nova época teremos 7 corridas… o campeonato mais longo de sempre.
Integrado na Área Metropolitana do Porto, Paredes é um dos concelhos com população mais jovem do país. Tem uma forte tradição industrial, nomeadamente no setor da madeira e do mobiliário, grandes empresas exportadoras, com mais de 62% do mobiliário português a ser produzido no concelho de Paredes. Boas acessibilidades rodoviárias e é também servido pela linha ferroviária do Douro, que faz a ligação entre dois Patrimónios Mundiais da Humanidade: o Centro Histórico do Porto e o Douro Vinhateiro. No plano do turismo, integra o Parque das Serras do Porto e a Rota do Românico, Região dos Vinhos Verdes… palco há muitos anos das finais do trial, em 2022 foi eleito o concelho de arranque e pela primeira vez em Lordelo.
Numa pista bastante curta, pouco mais de 1km, endurecida pela chuva dos dias que antecederam a prova.

Veteranos da Team Rj4x4 começam 2022 a vencer
Rui Rocha e Pedro Campas (Team rj69) começaram 2022 da mesma forma que começaram 2021: com uma vitória. Mas desta vez não deram qualquer margem à concorrência. Começaram a vencer de manhã, com o melhor tempo do prólogo, partiram na frente e com muita estratégia e mestria na condução do Toyota vencem na classe Super Proto e também em termos absolutos. A equipa de Arouca sai assim desta primeira etapa na liderança da Super Proto e também à geral.
Marco Polónio (Malpevent Team) começou o prólogo a dar 3 cambalhotas e por isso partiu para a resistência do final da grelha. Passou a resistência a correr atrás do prejuízo, com a dificuldade acrescida do problema elétrico com o freespool do guincho. A resiliência foi compensada com um 2.º lugar em Super Proto e à geral
Alexandre Veloso (JR4x4) já participou no campeonato em 2021, mas com desempenhos muito discretos. Em 2022 arranca com um terceiro lugar na competitiva super proto. Ficou a 5 voltas dos vencedores

Estreante João Ferreira vence em Proto
João Ferreira (Euro Quartelas 4x4) aproveitou que o CPT4x4 lhe passou à porta para vir experimentar a adrenalina. Dificilmente teria sonhado com estreia melhor: chegou, viu e venceu na classe Proto. Completou 17 voltas ao circuito em 2 horas 30 minutos e 29 segundos. Com esta vitória o piloto da casa lidera a Classe Proto. Resta saber se cumprirá o resto do calendário
Rui Nunes e Sandro Almeida (Veículo Longo) vieram estrear o carro novo. Ainda em afinações o Nissan Proto Nunes Projects portou-se muito bem e conduziu a equipa ao 2.º lugar do pódio. A registar apenas um pneu furado.
Já António Silva e Tiago Santos (Canelas Pneus), campeões em título, não tiveram um dia nada feliz. Dominavam a classe quando os azares começaram a bater à porta: 2 pneus furados em simultâneo e 2 transmissões partidas. Fizeram um enorme esforço para, a guincho, levar o Proto XS5 até à bandeirada xadrez e completar a volta como o regulamento exige.

 

Num fim de semana de imprevistos para a equipa Transgatão foi Paulo Reis quem teve de assumir o volante do Nissan Patrol Gr e nem se saiu nada mal. Completou 9 voltas ao circuito de Paredes. Sem mais concorrência foi, naturalmente, o vencedor.
Nesta primeira jornada as classes de Promoção disputaram a resistência durante a manhã. Pedro Pereira (Clean TT), que este ano evoluiu da FUN para a Promoção, levou a melhor sobre os concorrentes.
O já habitual participante da classe UTV, Carlos Martins (Reciclopeças), foi o único participante da categoria.

A caravana do Campeonato Trial 4x4 segue agora Oliveira de Frades. A 2ª jornada é no fim de semana de 9 e 10 de Abril.

 

Comunicado Oficial

 

Related Articles

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.